Lifting Facial – rejuvenescimento da face.

Também conhecida como Ritidoplastia, a cirurgia está indicada para pacientes que possuem envelhecimento facial e se incomodam com os sinais no rosto e pescoço. O lifting facial corrige vincos profundos, sulcos nasolabiais, perda de tônus muscular e depósitos de gordura sob o queixo ( as “papadas”).

Alguns fatores como: má alimentação, exposição excessiva ao sol de forma intensa e cumulativa, estresse, maus hábitos de saúde em geral e genética, contribuem para o envelhecimento facial. Os cuidados com a pele devem começar logo cedo para que se evite o envelhecimento precoce ou mesmo para que se tenha um melhor resultado cirúrgico, quando essa for a indicação.

O ideal dessa cirurgia é que o aspecto mais harmônico possível seja mantido, evitando os excessos. O resultado é uma face com aspecto mais jovem e descansado.

O lifting atua na retirada do excesso de pele e suspensão das estruturas da face. Alguns procedimentos cirúrgicos como blefaroplastia (cirurgia das pálpebras) e a lipoaspiração na região abaixo do queixo (papadas) podem ser realizados juntamente com o lifting facial para complementar o resultado. Outros procedimentos menos invasivos como peelings e lasers melhoram a qualidade da pele, sendo um adjuvante cirúrgico. Por fim as aplicações de toxina botulínica e ácido hialurônico também podem ser indicadas para potencializar o resultado da cirurgia e podem ser realizados, inclusive ao mesmo tempo.

O resultado pode ser avaliado somente após três meses da cirurgia, sendo que o resultado final deve ser observado a partir do sexto mês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *