Correção de orelhas em abano – Otoplastia

A cirurgia plástica das orelhas, também conhecida como Otoplastia, visa melhorar a forma e a posição das mesmas. A cirurgia permite minimizar deformidades, corrigir assimetrias de forma, tamanho e angulação em orelhas mal formadas de nascença, ou que sofreram deformidades após um trauma. O resultado é um formato natural e mais equilibrado em termos de proporção com relação à face.

A otoplastia é uma cirurgia relativamente simples e é mais comumente realizada na infância, mas adultos também podem se beneficiar da técnica.

A indicação é que as crianças realizem a cirurgia após os 7 anos de idade, onde as orelhas estarão plenamente formadas e também coincide com a idade escolar de alfabetização, quando a criança começa a se incomodar com o tamanho ou com as orelhas proeminentes. A indicação cirúrgica é baseada no grau de incômodo de adultos e crianças, sendo que o resultado pode melhorar sobremaneira a autoestima do paciente.

A otoplastia deve ser realizada em ambiente hospitalar e por profissionais especializados. Usa-se normalmente a anestesia geral ( para crianças) e anestesia local com sedação ( para adultos). A cirurgia se inicia com uma incisão atrás da orelha, seguindo a dobra natural da pele. É realizado um ligamento da cartilagem e, em alguns casos, pode ser feita a retirada de parte da cartilagem para reduzir o tamanho da orelha. A cicatriz desta cirurgia é praticamente invisível, pois localiza-se estrategicamente atrás da orelha.

Os resultados aparecem imediatamente após a cirurgia e em um mês, cerca de 70% do resultado final já é observado. Edemas e hematomas desaparecem cerca de 20 dias após a cirurgia e o resultado final, como em toda cirurgia, pode ser plenamente observado após 6 meses.

Foto: © Emely/Corbis

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *